Saúde em Sobradinho em péssimo estado

Da Redação

Os moradores de Sobradinho passam maus momentos quando necessitam de atendimento médico na cidade. Quem precisa de atendimento geralmente precisa recorrer à cidade de Juazeiro. Falta médico e até material para atendimento. A promessa de conclusão do Hospital tão divulgada pela atual gestão municipal ao que tudo indica não será cumprida tão cedo.

Segundo Sóstenes Pereira Nascimento, servidor público federal, o prefeito Genilson Silva (PT) tem o hábito de inaugurar obras em seu início, obras essas que não são concluídas. “O prefeito está perdido e enganando o povo de Sobradinho. Fez a mais ou menos um mês uma comemoração de instalação do hospital, depois disso fechou as portas e nem uma pá de areia foi colocada lá”, afirmou.

A parceria da Companhia Hidroelétrica do Vale do São Francisco – CHESF com a Prefeitura Municipal também é motivo de desconfiança. “Surgiu essa conversa de parceria com a CHESF, mas nada foi realizado e nunca mais se falou no assunto”, disse Sóstenes.

De acordo com o servidor existem casos de hanseníase na cidade. “Eu conheço quatro casos de pessoas com hanseníase que eu mesmo levo para fazer tratamento em Juazeiro, além disso, aqui em Sobradinho não existe controle de zoonose tem cachorro doente espalhado pela cidade principalmente na região do mercado”.

“Em relação à saúde nem a atual gestão se entende a secretária diz que disponibiliza seis médicos para atendimento no município, logo depois o prefeito vai ao rádio dizer que são quatorze. Ninguém sabe o que está acontecendo. Os salários da saúde e educação estão atrasados de três a seis meses e em outras secretarias a situação é bem pior”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.