Só, moça enfrenta apoiadores de Bolsonaro com cartaz: “Bem-Vindo + 500.000”; veja o vídeo

Um dos manifestantes gritou: “Vai tomar no cu, sua puta, sua crioula”. Maria Clara se manteve firme e sua imagem bombou em todo o país como a heroína do dia

Maria Clara Gama tem 27 anos, é moradora de Cariacica e mestranda de Direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Nesta sexta-feira (11), ela se vestiu de preto, colocou a máscara de proteção contra o coronavírus, pegou um cartaz onde se lia: “Bem-Vindo + 500.000”, referente ao número de mortos no Brasil por covid e foi ao aeroporto de Vitória (ES) “recepcionar” o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

Lá, ela encontrou os admiradores do presidente, que também o aguardavam. Só, ela abriu o cartaz e mostrou. Debaixo de vaias e xingamentos, inclusive um deles que se ouve claramente: “Vai tomar no cu, sua puta, sua crioula”, se manteve firme, sem medo, por alguns minutos, até que alguém tentou tirar o seu cartaz, mas não conseguiu.

O recado solitário e corajoso de Maria Clara percorreu o Brasil. Veja abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *