Triunfo está mais bela para receber Moacyr Franco

Há muito, não visitava Triunfo. Há três anos, exatamente, para o lançamento do meu livro Histórias de Repórter, seguido de um bom papo com a plateia, no recinto da Câmara de Vereadores. Não foi nenhuma surpresa, no reencontro com uma das minhas paixões, reabraçar uma cidade repaginada pelo tino administrativo do prefeito João Batista (Avante), integrante do grupo político do deputado e ex-secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, de malas prontas para pilotar o Avante.

Conheço João, gestor de elevado espírito público, perfil cada vez mais escasso na fauna política, desde o tempo em que se perpetuou na presidência da União dos Vereadores de Pernambuco, UVP, como legítimo representante de sua Triunfo na Câmara.

Quando incluo Triunfo entre as minhas três paixões – as outras são Afogados da Ingazeira, onde fui parido de parto normal, e Brasília, universidade da minha labuta em jornalismo político – não é por mero acaso. É por amor verdadeiro. Triunfo me adotou espiritualmente, adoça minha alma e refrigera meu coração tão dolorido, de amores que vão e que vêm.

Triunfo é um pedaço do chão nordestino que inspira, seja por ser fincada num alto de uma montanha com 1,3 mil metros acima do nível do mar, seja pelos seus casarões coloniais, sua arquitetura diferenciada, seu turismo ecológico, seja, principalmente, pelo seu frio.

Ontem, em pleno verão ardente, tomei um vinho numa noite de 19 graus Celsius. Tem cidade mais abençoada pela natureza? Mas, voltando ao plano existencial da cidade que reencontrei: Triunfo está bem cuidada, limpa, roupagem nova, com obras espalhadas em toda a sua extensão de ladeiras urbanas ou na zona rural.

João cuida da cidade e das pessoas. Pena que esteja dando adeus ao seu primeiro e único mandato, conforme registrei na coluna de hoje. Mas o político não constrói o seu alicerce ou castelo de obras só, isolado. Se o homem não nasceu para ser solitário na vida, imagine na política.

E João fez uma grande parceria na política com o deputado Sebastião Oliveira. As obras que entrega neste final de semana, dentro da programação do Natal de Luz, como a nova orla em torno do açude estendido no coração da cidade, só saíram do papel graças à emendas do deputado Sebastião Oliveira.

Para deixar a orla mais bela, Sebastião liberou uma emenda de R$ 600 mil. Alocou, igualmente, outra de R$ 500 mil para equipar o hospital e colocou mais uma emenda no valor de R$ 250 mil para o custeio do programa de atenção da saúde básica.

Quando secretário, Sebá, como é tratado carinhosamente,  construiu a nova rodoviária, orçada em R$ 1,5 milhão. Em 2018, antes de deixar a pasta de Transportes, liberou mais R$ 1,3 milhão para asfalto. Como deputado, garantiu, ainda, R$ 500 mil no Ministério do Turismo.

João e Sebá têm, portanto, um namoro correspondido, seus corações não são voláteis como tantos da nação traidora e falsa da política. Hoje, eles voltam a andar de mãos dadas na cidade para entregar obras.

A cidade também recebeu investimentos privados, entre os quais um belo hotel, o Papo, em frente ao teleférico. Lindíssimo e moderno, tendo em sua extensão territorial um restaurante-bar super aconchegante, onde do alto do seu paredão é possível clicar a bela imagem da Triunfo noturna de luz.

Hoje à noite, como ninguém é de ferro, vou fazer um brinde à vida, ao lado de João Batista e Sebá, no grande e romântico show de Moacyr Franco, levantando uma taça de champanha na praça em que a beleza é ilustrada pelo Cine Guarany.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *