Wagner e Coronel não assinam lista que pede abertura de CPI da Covid

Foto: Agência Senado

Os senadores Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel não assinaram a lista feita pela minoria do Senado em apoio à abertura da CPI da Covid-19, que será aberta após a determinação do ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), na última quinta-feira (8).

A lista foi assinada por 32 senadores da Casa, incluindo Otto Alencar (PSD) e o petista Paulo Paim (RS).

A CPI deve investigar a condução dos poderes (presidente, governadores e prefeitos) durante a pandemia do novo coronavírus e apurar desvios e outras possíveis corrupções. Na Bahia, o governo Rui Costa (PT), do qual o senador Jaques Wagner faz parte, entrou na mira de inestigações após a compra malsucedida de respiradores em meados de 2020, sendo que os aparelhos não foram entregues e o dinheiro pago não foi devolvido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *