A difícil situação de Ciro após Moro entrar na disputa

Integrantes do partido acreditam que ex-juiz ocupa a posição de crítico de Lula e Bolsonaro que ex-governador do Ceará tenta cavar

Redação
Foto: Reprodução / Youtube
Foto: Reprodução / Youtube

 

Integrantes do PDT, partido do presidenciável Ciro Gomes, acreditam que a candidatura do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) enfraquece a disputa do ex-governador do Ceará pelo Palácio do Planalto.

Na análise de líderes do partido, Moro ocupa hoje o espaço que Ciro tem tentado cavar para si: crítico do ex-presidente Lula (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Em recente levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, o ex-juiz já aparece na frente do pedetista. A avaliação de integrantes do PDT é que, caso Moro continue à frente, talvez seja melhor Ciro mudar de estratégia ou desistir de se candidatar.

Segundo informou a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, em junho, pessoas próximas do ex-governador do Ceará, como o presidente do PDT, Carlos Lupi, e pedetistas como Túlio Gadêlha, tentaram convencê-lo a concentrar ataques em Bolsonaro e deixar Lula de lado. Até o momento não tiveram sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *