Arthur Lira critica cobertura da Imprensa sobre a PEC da Imunidade

De O Antagonista – Em entrevista coletiva no Salão Verde da Câmara, Arthur Lira criticou a cobertura da imprensa pelo destaque à votação da admissibilidade da PEC da Imunidade ontem (24), e disse que a Casa fez “um corte na perna e no braço” ao manter a prisão de Daniel Silveira.

“Qual o remédio para esclarecer um assunto que deixou o Supremo sem alternativa de posicionamento? Regulamentar o artigo que fala de imunidade parlamentar quanto à sua voz e ao seu voto”, afirmou, na manhã desta quinta (25).

Lira defendeu a atuação do Supremo, ressaltando que o discurso do parlamentar não pode“atacar a democracia”.

“A Câmara dos Deputados se posicionou na semana passada deixando claro que a inviolabilidade da fala do deputado não é plena, não é total. A Câmara deixa claro que a imunidade parlamentar não será plena quando for contra a democracia”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *