Candidato a Vice da coligação ‘A força que vem do povo’ apresenta propostas

Rogério Bahia

Thalita Bezerra – Ação Popular

O advogado e vice- candidato a prefeito de Curaçá, Bahia, Rogério Quintino Bahia (PMDB), em entrevista ao jornal AP apresentou propostas de governo para administrar a cidade. Rogério é vice de Carlos Brandão (PPS), pela coligação ‘A força que vem do povo’, composta pelos partidos PPS, PMDB, PTB, PSD e PTC. “O nosso plano se dividi em algumas frentes, a bandeira principal da nossa campanha é a revitalização da cultura do povo curaçaense, nessa cultura o fortalecimento do homem do campo para que tenham melhores condições de vida”.

Na área de educação, Bahia disse que vai fortalecer a educação capacitando os profissionais que atuam na área. “Iremos colocar pessoas capacitadas para atuar na pasta, além disso, iremos desenvolver temas e projetos que já estão em pratica e quem tem por objetivo legal serem cumpridos. Sabemos que a verba para a educação é municipalizada e é uma verba que vem amarrada do Governo Federal direto para as secretarias de educação. Curaçá nunca teve planos de cargos e carreiras para os funcionários públicos municipais e esse é um dos nossos compromissos para motivar o funcionário”.

No que diz respeito à saúde, ele criticou. “Deve cuidar de saúde, quem sabe fazer saúde, ou um médico ou enfermeiro. A saúde de Curaçá encontra-se em um estado precário, a população de Curaçá não tem saúde”. Com relação às áreas prioritárias da elaboração do LDO, ele desconversou. “Sempre educação e saúde é a prioridade, a lei da diretriz orçamentária ela vai ser composta de acordo com cada necessidade, temos que ver 1º como está à realidade do município, mas não tenha dúvida que a secretária de desenvolvimento rural terá a sua independência e seu recurso. Não adianta estarmos aqui fazendo promessas vagas e afirmando que vamos conseguir mais recursos, isso não existe, pois Curaçá ainda não tem potencial para isso”.

Com relação, as propostas para fortalecer o homem do campo, ele foi direto e disse que será prioridade no seu governo. “Iremos construir estradas vicinais transitáveis, além disso, vamos abrir outras estradas para facilitar a vida dos agricultores. A nossa campanha será enfrentada com muito respeito, humildade, sem ofensas e sem denegrir a imagem de ninguém”.

O próximo entrevistado será o candidato Salvador Lopes (PT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.