Lema do novo partido de Bolsonaro é inspirado no movimento fascista, diz advogado

“Estamos voltando quase 100 anos da nossa história. Estamos voltando quase 100 anos o retrocesso da cultura, em todas as áreas. É brutal”, diz o advogado Técio Lins e Silva

No discurso, ele mostrou indignação que o presidente da República tenha anunciado a criação de um novo partido político, a Aliança pelo Brasil, cujo lema é inspirado no movimento fascista da década de 1930.

“(…) estamos voltando a 20 anos atrás. O partido que se cria, o lema é ‘Deus, pátria e família’, que é o lema do integralismo, um movimento fascista, inspirado em Mussolini, em 1937”, disse no vídeo abaixo.

“Estamos voltando quase 100 anos da nossa história. Estamos voltando quase 100 anos o retrocesso da cultura, em todas as áreas. É brutal. E a Ordem [dos Advogados do Brasil, a OAB] tem essa papel que o presidente Felipe Santa Cruz destacou, um papel importantíssimo na sociedade civil.”

“Nós somos a representação da cidadania, e é natural que em tempos que não haja cidadania, em tempos que haja essa repressão brutal à sociedade civil como um todo, à cultura, aos movimentos sociais, é claro que nós somos os primeiros a apanhar.”

Lins e Silva ainda criticou o placar apertado do julgamento sobre prisão em segunda instância no Supremo Tribunal Federal, que foi decidido por 6 votos contra 5.

“O STF vota fazendo suspense, vota reafirmando o poder da Constituição da República, por 1 voto! E ter o reconhecimento de que a Constituição não vale nada, que aquilo não é cláusula pétrea. (…) É muito doloroso.”

Leia também:  Bolsonaro não sabe quem vai pagar por documentos veiculares em 2020

Assista:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *