Luiz Vicente fala sobre sua atuação na Prefeitura de Sobradinho

luiz_vicente_radio
Luiz Vicente Berti

Da Redação

O prefeito de Sobradinho, Bahia, Luiz Vicente Berti (PDT), participou da XVI Marcha dos Prefeitos a Brasília, cobrando do governo federal solução para a crise enfrentada pelos municípios brasileiros, devido falta de recursos. Como presidente do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Sertão do São Francisco, Vicente comentou o resultado da Marcha e falou ainda sobre sua administração municipal.

“Em Brasília, participamos da Marcha, que foi um evento grandioso, estavam representantes do país inteiro, todos os prefeitos do Brasil em um local só, representando a nossa nação. A presidente Dilma foi sensível, e anunciou um auxilio emergencial aos municípios, que hoje passam por grande dificuldade. Sabemos que qualquer auxílio que chega ao município ajuda. Isso não atendeu as expectativas de muitos prefeitos, mas não deixa de ser uma ajuda importante”.

O prefeito aproveitou para falar a respeito da sua administração. “Fomos selecionados em um programa de saneamento que tem recursos na ordem de 9 milhões de reais, outro de 5 milhões para distribuição de água. Além disso, fomos selecionados no PAC 2 em um projeto de pavimentação na ordem de 27 milhões. Esses recursos não foram liberados, ainda, porque estamos em um processo de seleção, o município ainda não foi contemplado, mas só o fato de ter passado na 1ª etapa nos deixa orgulhoso como prefeito”.

Ele falou, também, do que ainda tem a realizar. “O povo de Sobradinho me elegeu e tenho buscado com responsabilidade e serenidade dar à população dias melhores de vida. Isso já está acontecendo. Temos muitas atribuições pela frente estamos lutando pra reabrir o hospital, para concluir saneamento, concluir projetos de água pra comunidades rurais, lutando para fazer pavimentação. Existe uma expectativa muito grande de uma melhoria nunca vista na história do município”.

Sobre o Balneário Chico Periquito revelou que existe um projeto de reestruturação e reurbanização em andamento. “Estamos aguardando que a equipe técnica termine o projeto, uma vez que os quiosques que foram construídos na administração passada, nenhum deles tem esgotamento sanitário, tem construções desordenadas, o que impede o melhor aproveitamento do espaço. Vou sentar com a associação pra discutir isso. Sobradinho é grandiosa pela própria natureza, tem grande potencial turístico, o que a gente não tem é investimento e eu estou batalhando por isso. Pegamos um município com muitas dívidas, no CAUC, impossibilitado de receber investimento dos governos federal e estadual, mas estamos organizando tudo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *