Lula pode herdar mais votos de Doria do que Bolsonaro

 

Entre os que pretendiam votar no ex-governador paulista, 36% podem migrar para Lula e apenas 19% para Jair Bolsonaro, segundo a pesquisa Quaest

www.brasil247.com - Lula, Doria e Bolsonaro
Lula, Doria e Bolsonaro (Foto: Reuters | GovSP)

Os dados da mais recente pesquisa Quaest mostram que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode herdar mais votos do ex-governador paulista João Doria do que seu oponente de extrema direita Jair Bolsonaro. Na pesquisa de maio, entre eleitores do Doria, 36% podem migrar para Lula e apenas 19% para Bolsonaro. Simone Tebet, do MDB, é muito desconhecida até mesmo entre os eleitores de Doria.

Como Lula está muito perto de uma vitória no primeiro turno, qualquer voto pode vir a fazer diferença. A pesquisa Quaest também aponta que a saída do tucano aumenta as chances de vitória no primeiro turno, pois o eleitor do Doria rejeita mais Bolsonaro (77%) do que Lula (62%). Ainda que Doria pontue entre 3% e 5%, qualquer voto ajudaria nesta hipótese de primeiro turno. Pesquisa Quaest divulgada no dia 11 de maio mostrou o ex-presidente Lula com 46% das intenções de voto, enquanto Jair Bolsonaro, o segundo colocado, chega a 29%. Com 46%, Lula possui mais votos que todos os outros candidatos somados (44%) e, portanto, há a possibilidade de vitória no primeiro turno. No entanto, considerando a margem de erro de 2 pontos para mais ou para menos, a disputa também pode seguir para o segundo turno.

Em tese, sem Doria, PSDB e MDB, os dois partidos que estiveram na linha de frente do golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016, vão tentar se articular em torno da senadora Simone Tebet (MDB-MS). Ocorre que a vitória de Tebet na convenção nacional do MDB está longe de estar garantida, uma vez que o MDB hoje se divide entre apoiadores de Lula e Bolsonaro, com peso maior para o ex-presidente. Confira abaixo a tendência de voto dos eleitores de Doria:

.
Votos de Doria - Quaest
Votos de Doria – Quaest(Photo: Leonardo Attuch)Pesquisa Quaest

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.