Quase duas semanas sem água nas torneiras de Uauá e o povo não acredita mais nas desculpas da Embasa

 

Da Redação

Mesmo chovendo nos últimos dias, a cidade de Uauá está faltando águas nas torneira. Quando a população se levanta e ocupa espaço nas redes sociais, ou imprensa, para denunciar o caos implantado no município, a direção da Embasa apresenta uma justiça que hoje não convence mais a população.

Na cidade já se cogita na possibilidade de desenvolver campanha com a possibilidade da autarquia estadual ser transformada numa instituição municipal igual ao SAAE, em Juazeiro. “Aqui se paga caro, é mal atendido, as pessoas sofrem todos os dias em suas casas, se não pagar a conta no final do mês sofre graves consequências e a empresa não tem a minima estrutura e competência para atender as necessidades da população. Hoje para nós a melhor saída seria a municipalização, só assim o dinheiro arrecadado ficaria aqui na cidade e o sistema de abastecimento seria ampliado acabando assim com esse nosso sofrimento”, desabafou Cristiano Lima.

“Os Minha casa, Minha Vida, os Malaquias, e outros bairros, estão com mais de dez dias que falta água. O último dia que teve água nas torneira foi antes das eleições. É um descaso total. A sorte de muitas pessoas é a água da chuva que é aproveitada. Aqui em Uauá não temos mais à quem recorrer, gostaríamos que o Ministério Público nos ajudasse a resolver este problema já que é um caso de saúde pública”, concluiu.

No bairro Alto do Conselheiro, rua do Projeto Sertanejo, a água começou a cair nas torneira hoje pela manhã. Para alguns moradores, quando a água chega em uma bairro, falta no outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *