Tasso chama os irmãos Ciro e Cid Gomes de “oligarcas”

Em campanha pela presidência nacional do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE) fez sua primeira crítica direta aos irmãos Ciro e Cid Gomes (PDT), seus ex-aliados, chamando-os de “oligarcas”.

Foi durante a convenção do PSDB cearense que se realizou na última sexta-feira (10) na Câmara Municipal. Ele disse que o seu partido não deve “temer a luta” contra o governador Camilo Santana (PT), aliados dos “Ferreira Gomes”, e que está na hora de “mudar”.

O senador disse também que o PSDB não apoiará “nenhum candidato” que tenha vinculação política com o ex-presidente Lula ou com o PT, num recado direto ao senador Eunício Oliveira (PMDB), que já declarou publicamente que pretende votar no petista para presidente da República.

Além disso, Eunício iniciou conversações com o governador Camilo Santana visando à troca de apoios no próximo ano. Ele apoiaria a reeleição do governador em troca do apoio do petista à sua reeleição para o Senado. Tasso, que apoiou Eunício para governador em 2014, ficou “p” da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *