TCU encontra mais de oito mil obras paradas; educação é a área mais prejudicada

O TCU analisou 22.559 contratos de obras no país, sendo que 8.674 estão paralisadas, o que representa 38,5% do total e soma R$ 27,2 bilhões.

Mais de oito mil obras estão paralisadas no Brasil, de acordo com um levantamento produzido pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A Instituição revelou que a área de educação foi a mais afetada, sendo 50% dessas obras, que estão principalmente localizadas nos estados do Maranhão, Pará, Bahia, Minas Gerais e Ceará.

Os dados, divulgados nesta quarta-feira (23) pelo Tribunal, durante sessão plenária da Corte, indicam que foram analisados 22.559 contratos de obras no país, sendo que 8.674 estão paralisadas, o que representa 38,5% do total analisado e soma R$ 27,2 bilhões.

Ainda segundo a Instituição, desse total, 4.473 são na área de educação. É o caso de prédios de campus universitários, hospitais universitários, escolas profissionalizantes, complexos esportivos e creches e pré-escolas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.