Advogado é preso por estuprar duas enteadas por mais de 10 anos

Meninas eram abusadas sexualmente desde que tinham cinco anos de idade

Por O Dia

Homem foi capturado em Icaraí, Zona Sul de Niterói

Homem foi capturado em Icaraí, Zona Sul de Niterói – Divulgação / Polícia Civil
Policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) prenderam, na manhã desta quinta-feira um advogado de 42 anos que estuprou duas enteadas por mais de 10 anos. Ele foi capturado em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, na Região Metropolitana do estado.
De acordo com a Polícia Civil, as meninas eram abusadas sexualmente desde que tinham 5 anos de idade. Atualmente, elas estão com 13 e 17 anos. Contra o homem, havia um mandado de prisão temporária em aberto pelo crime de estupro de vulnerável, expedido após investigação da DCAV.
As investigações apontaram que o pai das meninas ficou sabendo que elas eram abusadas após uma denúncia anônima. Mesmo distante das filhas, ele acabou descobrindo que havia inúmeros relatos dos abusos no colégio onde elas estudam e uma denúncia sobre o caso no Conselho Tutelar de Niterói.
A denúncia deu origem a um inquérito policial na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade.
Ainda segundo a polícia, o advogado é tido como o extremamente possessivo e agressivo. As vítimas contaram que ele chegou a combinar com elas o que responderiam caso fossem questionadas sobre o crime e o que falariam durante depoimentos das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *