Berti e populares repudiam acusações sobre festa do Dia das Mães

Luiz Berti

Da Redação

Mais um dilema causado pela administração Genilson Silva (PT) tem deixado parte da população irritada. O mal estar dessa é com relação à ‘boataria’ sobre a não realização da festa do dia das mães que estava programado para o dia 13 de maio. Um dia antes, um carro de som que presta serviços para a prefeitura circulou pelas ruas avisando que o evento estava suspenso devido a uma determinação judicial. Diante disso, todos as atenções voltaram para o ex-prefeito Luiz Berti, como ele se fosse o responsável.

Durante entrevista ao programa de Valtermário Pimentel/Rádio Cidade, a dona de casa Ana Maria chegou a questionar o fato. “Não sou Dilma, mas estou atrás da verdade, o prefeito Genilson Silva colocou um carro de som para veicular os motivos da não realização da festa em comemoração ao dia das mães, segundo ele o evento não foi realizado por conta que foi movida uma ação na justiça pelo ex-gestor Luiz Berti, nós queremos saber onde está à ação, mais uma vez ele usou esse serviço para tentar enganar a população”, lamentou.

De acordo com ela, muitas mães ficaram na expectativa do evento. “Ele fica brincando com os sentimentos das mães, não sabendo ele que esta data é de grande importância. A comunidade precisa ficar sabendo o que aconteceu, todos os problemas da cidade o prefeito coloca a culpa nas gestões passada, ele nunca assume nada”.

Indignado com a situação, o empresário Ailton Produções teceu criticas à administração municipal. “O que acontece é que o governo municipal vem com muitas promessas, já se passaram três anos e nada foi feito até agora, temos aqui obras inacabadas, hospital fechado, caos na cidade e nas vésperas das eleições ele decide dar uma de bonzinho e em distribuir brindes, paciência…”, desabafa.

A reportagem do Ação Popular ouviu a versão de Berti sobre o assunto. “Eu quero esclarecer que isso se trata de uma grande mentira, a administração atual divulgou na sociedade que nós denunciamos na justiça o impedimento da festa, pois não denunciamos nada. Eles estão caluniando, inventando e mentindo, sabemos que eles não tinham recursos para realizar a festa e resolveram espalhar mais essa asneira. Sempre tivemos respeito pelas mães e isso nunca iria acontecer”, esclareceu.

Com relação à outra ‘boataria’ relacionada à Copa de Vela, Berti foi sereno. “Isso é desespero de quem tenta criar fatos para distorcer as coisas. Quem me conhece sabe muito bem que jamais faria isso. O prefeito deveria se preocupar com o município”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.