Dilma foca na classe média e no Sudeste

Após a tempestade provocada pelas manifestações populares que tomaram as ruas do país nos meses de junho e julho deste ano que culminaram na queda da avaliação de seu governo, a estratégia da presidente Dilma Rousseff (PT) para recuperar a popularidade será outra.

O objetivo principal da petista, segundo informação publicada no site BR247, é conquistar a simpatia da população da Região Sudeste com agenda especial voltada para os interesses da classe média, como anúncio de investimentos em ensino técnico e na área de mobilidade urbana dos grandes centros – São Paulo, Campinas e Belo Horizonte, por exemplo.

A estratégia foi traçada pelo núcleo duro do governo com base em diagnósticos das últimas pesquisas de intenção de votos divulgadas pela mídia. No Datafolha, por exemplo, o pior desempenho de Dilma está entre o eleitorado com renda acima de 10 salários mínimos.

De acordo com matéria do Estado de São Paulo, a presidente Dilma também vai cessar por ora a agenda intensa no Nordeste (seu principal reduto eleitoral), que tinha como objetivo neutralizar a figura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. (FolhaPE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.