Eduardo Bolsonaro perdeu 1,1 milhão de eleitores

Apesar disso, Eduardo Bolsonaro permaneceu como um dos mais populares do estado paulista

Depois de alcançar, nas eleições 2018, a maior votação da História para um candidato a deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PL- SP) foi reeleito neste domingo (2), no entanto, com uma adesão menos expressiva do que no pleito anterior.

Nas urnas, 741.302 (com 99,89% das seções totalizadas) eleitores escolheram o filho do presidente Jair Bolsonaro (PL) para ocupar uma vaga na Câmara por São Paulo, contra 1,84 milhão há quatro anos.

Eduardo perdeu cerca de 1,1 milhão de votos entre as duas eleições. Apesar disso, o parlamentar permaneceu como um dos mais populares do estado paulista, aparecendo entre os três postulantes à Câmara mais votados em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.