Globo diz que programa de Lula, que gerou ciclo inédito de prosperidade no Brasil, “não tem cabimento”

Grupo de comunicação apoia a “ponte para o futuro”, que deixou 33 milhões de brasileiros passando fome

www.brasil247.com - Lula
Lula (Foto: Ricardo Stuckert | Reprodução/Twitter)

Embora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha governado durante oito anos e produzido um ciclo inédito de prosperidade econômica no Brasil, com crescimento médio de 4,5% ao ano, criação de 10 milhões de empregos, acumulação de mais de US$ 300 bilhões em reservas internacionais, valorização recorde do mercado acionário, obtenção do grau de investimento, redução da dívida interna de 60% para 35% do PIB e controle da inflação, o jornal O Globo diz, em editorial publicado neste sábado, que o programa Lula-Alckmin “não tem cabimento”.

“A chapa Lula-Alckmin continua firme na liderança das pesquisas eleitorais, mas as dúvidas sobre o governo que resultará desse casamento improvável ainda despertam preocupação. Não há melhor evidência disso do que as novas ‘diretrizes’ para o programa de governo apresentadas nesta semana”, escreve o editorialista de um jornal que apoiou o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff e apoia a “ponte para o futuro” implementada pelo usurpador Michel Temer – um programa que colocou 33 milhões de brasileiros passando fome, permitiu o saque do patrimônio estatal por oligarcas brasileiros e internacionais, trouxe de volta a inflação com a disparada dos combustíveis e vem destruindo as perspectivas de desenvolvimento do Brasil.

“A chapa Lula-Alckmin faria bem em entender as circunstâncias de 2022. Uma eventual vitória não pode representar a aprovação de um programa de governo que, nos raros casos em que não é vago, está simplesmente errado”, diz o Globo, que não fez e não fará autocrítica por ter destruído a economia brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.