Médico faz alerta após Rui Costa anunciar testagem de vacina chinesa em baianos

Foto: Divulgação / Secom

Após o anúncio do governador Rui Costa (PT), de que pretende realizar na Bahia testes com unidades da vacina contra o coronavírus desenvolvida por um laboratório chinês, o médico urologista Modesto Jacobino afirmou ser contra a iniciativa.

Para o site Farol da Bahia, o médico afirmou que não é “ético e nem humano” testar em pessoas uma vacina que não tenha passado pelo tempo de pesquisas necessário para comprovar sua eficácia.

“Como médico tenho o papel de conscientizar a população sobre os riscos de se submeter a testagem de vacinas contra a Covid-19. Não é ético e nem humano. Ao tomar a vacina, o indivíduo vai receber o vírus para se verificar a imunidade. Como desenvolver uma doença nas pessoas que não tem nenhum medicamento e tratamento?”, questionou.

Segundo o médico, o tempo necessário para o desenvolvimento de uma vacina eficaz é de pelo menos quatro anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *