Passaporte da vacina será instituído no TJ-SP a partir da próxima semana

Membros do Ministério Público, advogados da OAB, servidores e defensores públicos terão de comprovar imunização contra a Covid-19

Redação
Foto: Matheus Pereira/GOVBA
Foto: Matheus Pereira/GOVBA

 

Um passaporte de vacina para monitorar a imunização contra a Covid-19 será instituído na próxima semana pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Desse modo, todos os funcionários que trabalham no prédio, a exemplo de membros do Ministério Público, defensores, servidores e funcionários da OAB (Ordem dos Advogados da Bahia), precisarão apresentar o documento comprovando a imunização contra o coronavírus.

Informações da coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *