Professora de Boninal é única baiana entre finalistas do Prêmio Educador Nota 10

Docente concorre com projeto sobre as filosofias das avós dos alunos, inspirado na sua bisavó Iaiá Lia, rezadeira da Umburana

Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A professora baiana Maria Isabel Gonçalves está entre os dez educadores de todo o país finalistas da 23ª edição do Prêmio Educador Nota 10. A docente da rede estadual de ensino concorre com o projeto ‘As filosofias de minha avó: poetizando memórias para afirmar direitos’. A premiação está aberta a votação popular até 27 de outubro, pela internet.

Maria Isabel leciona no Colégio Estadual Rui Barbosa, em Boninal, e é a única representante do estado no prêmio considerado o mais importante da Educação Básica. A inspiração para o projeto foi sua bisavó Iaiá Lia, rezadeira da Umburana, que acolhia comunidades quilombolas do entorno em Santo Reis. A partir disso, a professora conta que decidiu inspirar os alunos a redescobrirem as filosofias das avós.

Contente pelo reconhecimento de seu trabalho, a professora destaca a simbologia do resgate das memórias das avós.

“Este projeto foi a possibilidade de demarcar o nosso próprio espaço, rico em filosofias. Os saberes ancestrais são a filosofia viva para que os estudantes tenham sempre esse ponto de partida. As memórias nos abrem para o universal, as questões fundamentais, a cultura, o patrimônio, o território, bem como para as questões sociais, ambientais e políticas. Elas são um convite para as descobertas e afirmação de nossa identidade enquanto Sertão Chapada. Tudo está ali naquela conversa com as nossas avós”, observa a professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *