Ronei e Os Ladrões de Bicicleta se reencontram e expressam desejo de novos shows e CD

Dez anos após anunciarem uma pausa e não o fim – eles preferem deixar em aberto, pois os laços musicais e de amizade permanecem intactos -, Ronei Jorge (voz e guitarra), Edson Rosa (guitarra e vocal), Sergio Kopinski (baixo e vocal) e Mauricio Pedrão (bateria) voltam a se reunir com a formação original da banda Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta, em um show realizado nesta sexta-feira (17), em Salvador. O espetáculo comemorativo acontece a partir das 20h, no Commons Studio Bar, no bairro do Rio Vermelho.

“A gente tem esse vínculo artístico e fraternal muito forte. Então, quando soube que Edinho, que mora em São Paulo, estava vindo pra cá para Salvador, a gente achou oportuno”, conta o vocalista Ronei Jorge, destacando a distância física como principal entrave para a continuidade do grupo. “Na verdade, apesar de ter parado os trabalhos, a gente nunca anunciou que acabou, porque a gente não entende que teve um fim definitivo artisticamente falando. Ninguém brigou, então a gente não acha que necessariamente exige uma ruptura que não seja essa”, explica o artista, destacando que o desejo de voltar a se ver e de tocar juntos vem de muito tempo.

O show desta sexta é um resgate da história que não findou, uma espécie de confraternização para celebrar o reencontro, não só entre os integrantes da banda, mas também com o público saudoso. “De certa forma é um encontro um pouco informal, apesar de a gente estar ensaiando e querendo tocar tudo da melhor forma possível, mas tem muito esse caráter agregador da relação da gente e de reencontrar o público”, conta o músico, que pontua como grande compromisso do evento “tocar músicas que a gente não toca há muitos anos”. No setlist, canções do disco de estreia, “Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta” (2005), e do segundo, “Frascos Comprimidos Compressas” (2009), além de releituras que sempre passearam pelo repertório do grupo. “A gente vai tocar uma música que eu toco no solo, mas que na verdade é uma parceria minha com Edinho, que é ‘Parque de Diversões’, e que a gente tocou no último show que a gente fez, lá no Pelourinho”, conta Ronei, que classifica a obra como “uma música de trânsito entre um trabalho e outro”. Os Ladrões de Bicicleta pretendem incluir no show ainda “Paralelas”, de Belchior, que está presente no repertório da banda desde seus primeiros shows. “E talvez a gente cante ‘Me Deixe em Paz’… É que a gente já está com um repertório enorme (risos)”, adianta o músico. “Porque a gente vai tocar o ‘Frascos’ quase que completo e vai tocar várias músicas do primeiro disco, então eu acho que pra quem acompanha a banda não é que vai ser uma novidade, mas vai ser um momento de revisitar essas músicas”, explica.

 

Parque de Diversões” é uma das faixas que o público poderá conferir nesta sexta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *