Sobradinho: Abandono e descaso (Parte 01)

Descaso com a saúde pública

Da Redação

Moradores da Vila São Joaquim, Sobradinho, Bahia, estão preocupados com os destinos do município diante dos inúmeros problemas acarretados pela administração Genilson Silva (PT). Restando menos de um ano para encerrar o mandato, o prefeito tentar o segundo, mas para isso, terá que correr contra o tempo porque a cada dia aumenta a revolta popular.

A reportagem do Ação Popular esteve na quinta-feira (5) na cidade e registrou queixas de populares. A moradora da Vila São Joaquim, Maria Irene Mendes da Silva, relata alguns problemas. “A rede de esgoto entope constantemente. O pessoal do EMSAE é acionado, faz o serviço mal feito e vai embora, minutos depois entope novamente. Todos nós estamos com medo de contrair doenças, inclusive quem tem criança dentro de casa. Está difícil conviver nessa situação”, lamenta.

Por sua vez, o senhor João Miguel da Silva Santos demonstrou a sua insatisfação: “Há tempo que estamos sofrendo com essa situação. Por causa do entupimento da rede, o quintal das residências estão cheios de água de esgoto com fezes, a porta da cozinha fica constantemente fechada. Ninguém aguenta fazer qualquer tipo de refeição porque a fedentina é grande. Isso é uma grande falta de respeito para com todos nós”.

João Miguel

Ele ainda faz outro desabafo. “Para complicar mais ainda a nossa situação, a lagoa de decantação fica próximo de nossas casas servindo de foco para muriçocas e mosquitos da dengue exalando mal cheiro. Durante a noite ninguém consegue dormir sem mosquiteiro e ventilador, quando é no final da tarde adentrando toda a noite, ninguém suporta ficar na calçada por causa das muriçocas, as ruas ficam desertas”.

João Miguel aproveitou o momento para fazer mas um outro relato: “Durante a campanha política – o prefeito que aí está -, prometeu em palanque pavimentar as ruas. Tem lugar que quando chove ninguém passa. Aqui ninguém acredita mais em nada que ele fala, a cidade está abandonada, tudo acabado”.

Moradores são obrigados a conviverem em situação deplorável

Já o agricultor Antonio Ulisses da Silva, se diz traído com as promessas do gestor. “Eu acompanhei o prefeito Genilson Silva desde quando o pai dele era vivo, há mais de trinta anos, hoje estou decepcionado, eu e minha família não queremos mais conversa com ele por traído todos que depositaram o voto de confiança. Hoje a cidade está toda desmantelada, na minha casa ninguém quer vê a cara dele”.

A presidente da Associação de Moradores do bairro, Rita de Cássia Ferreira de Oliveira referenda as denuncias dos moradores. “ Na verdade a cidade está abandonada onde ninguém vê o prefeito. Nunca vi um prefeito tão danado de ruim igual a este”.

Segundo levantamentos da reportagem, a Governo Federal direcionou para vários municípios do país a construção de módulos sanitários para famílias de baixa renda. Sobradinho foi uma das cidades que constava na lista de beneficiadas, no entanto, ela afirma desconhecer a instalação de algum desses módulos na cidade. “Aqui não tem nada disso, afinal de contas, eu nem sabia que isso existia”. Um outro problema gerado no bairro é com relação à mulheres gestantes onde muitas delas terminam não gerando os filhos. “Estou com muito medo que algo de ruim venha a acontecer porque estou gestante de seis meses. Para complicar mais ainda, é grande a falta de médicos no posto de saúde”, lamenta.

Com a palavra as autoridades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.