TJ de Pernambuco gasta R$ 2,5 milhões com trem da alegria de magistrados para os EUA

Tribunal gastou em diárias de duas comitivas, que viajaram no final de 2019, em período de restrição orçamentária, e não fizeram a devida prestação de contas.

  

Um grupo de juízes e servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) realizou uma caravana aos Estados Unidos no final de 2019, com os gastos financiados com dinheiro público.

Os recursos estavam destinados a um programa de premiação de magistrados, e que supostamente consiste em gastos para o aprimoramento profissional, não para lazer. Além disso, se questiona o fato de que o programa abriu espaço para a inclusão de membros da cúpula do tribunal.

Se estima que o gasto total foi de cerca de R$ 2,5 milhões. Contudo, devido à não prestação de contas, mas não há nos registros os dados capazes de comprovar o destino exatos de todos os gastos.

O programa em questão se chama “Muito Além das Metas”, e foi criado em 2018 com a justificativa de “estimular a produtividade dos juízes”. A proposta inicial era que somente juízes de primeira instância poderiam participar do programa, no entanto, de um total de 85 participantes, 19 dos eram desembargadores (magistrados da segunda instância), e 22 eram servidores ou dirigentes da corte.

A primeira caravana aconteceu entre os dias 11 e 15 de novembro, e a segunda entre 2 a 13 de dezembro.

Fonte: Forum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *