Atleta russa diz ter recebido proposta de 200 mil dólares para se prostituir

A atleta russa de salto em distância Daria Klishina
A atleta russa de salto em distância Daria Klishina Foto: Reprodução

A vice-campeã mundial de salto em distância de 2017, Daria Klishina, revelou em uma entrevista ao site Sports.ru que lhe ofereceram US$ 200.000 por mês por trabalhar como prostituta de luxo. Segundo a atleta russa, a proposta chegou dos EUA através do Instagram.

— Me ofereceram para ser uma ‘acompanhante’. Isso aconteceu meio ano atrás. Eu nunca esperava algo assim — disse Daria, que é bicampeã da Europa.

De acordo com ela, ao receber a mensagem sua resposta imediata foi: “Sinto muito, mas esta proposta não me interessa”.

Mesmo assim, o homem insistiu: “Não, espere, não recuse tão cedo, você não sabe em que termos, a quantia e tal”.

Aos 29 anos, Daria disse que não se vê como uma mulher que concordaria com esse tipo de proposta, e se arrepende de ter feito fotos sensuais no passado:

— Todo mundo tem, digamos, erros de jovens. Você faz isso sem pensar que isso possa afetar sua carreira ou mesmo fora dela. Penso nisso como algo do passado — disse Klishina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *