Freixo: é nosso dever histórico deter Bolsonaro

Marcelo Freixo e Jair Bolsonaro
Marcelo Freixo e Jair Bolsonaro (Foto: Câmara | PR)

O deputado federal pelo PSOL, Marcelo Freixo, reagiu à ameaça de prisão que Jair Bolsonaro fez ao decano do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, ao insinuar nas redes sociais que o ministro cometeu crime de abuso de autoridade, podendo ter pena de 1 a 4 anos de detenção.

Para o deputado, Bolsonaro cometeu “mais um crime contra a democracia ao ameaçar de prisão o ministro Celso de Mello”. Ele ainda disse que o presidente é “um aspirante a ditador” e “conspira” para atingir seu objetivo. “É nosso dever histórico detê-lo imediatamente”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *