Investigações que atingem Bolsonaro só irão adiante com pressão popular

Jair Bolsonaro e Augusto Aras
Jair Bolsonaro e Augusto Aras (Foto: Leonardo Prado/MPF)

As principais investigações em andamento contra Bolsonaro e membros do seu clã ainda dependem de provas inquestionáveis e pressão social para prosperarem, porque o único com prerrogativa para oferecer denúncia é o procurador-geral, Augusto Aras, que vem manifestando discordância com o Supremo e afinidade política e ideológica com o inquilino do Palácio do Planalto.

Nos meios políticos e jurídicos, as investigações podem fracassar devido à postura de Aras, que tem sido contra todas as medidas de busca e apreensão na investigação de fake news. Nos bastidores, ele também tem dito não ver indícios de que Bolsonaro tenha praticado qualquer tipo de crime no caso que apura interferência na PF, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *