“Canalhas”, protesta Leandro de Jesus após internautas sugerirem a morte de Bolsonaro

Fotos: Divulgação / Agência Brasil

Nova liderança da direita baiana, o advogado Leandro de Jesus repudiou comentários nas redes sociais desejando a morte do presidente Jair Bolsonaro, diante da possibilidade dele ter contraído o coronavírus.

No Twitter, a hashtag “Força Covid” se tornou uma das mais usadas, em referência à Covid-19 supostamente contraída pelo presidente.

“Após o presidente informar a possibilidade de estar com coronavírus, a esquerda subiu a hashtag “força covid”. Canalhas! Caso a direita tivesse tal atitude, perfis seriam excluídos, a grande mídia daria chilique, o STF abriria um inquérito e no dia seguinte estaríamos presos”, escreveu Leandro em seu Twitter.

O advogado também criticou o apresentador Danilo Gentili, que afirmou que a Covid-19 “foi a primeira coisa positiva que o atual presidente apresentou até o momento”.

“Quando foi perseguido por suas piadas, o presidente lhe estendeu a mão na luta por sua liberdade de expressão. Danilo Gentili, você é um verme!”, falou Leandro.

Vale lembrar que o exame definitivo de Covid-19 do presidente Jair Bolsonaro ficará pronto nesta terça-feira (07). Desde sábado ele sentiu sintomas parecidos com o da doença, como febre, dor de barriga e tosse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *