Carla Vilhena expõe agressão de pastor bolsonarista no Twitter: “Meu estômago está revirado”

Edivilson Santos, que usou palavrões e expressões chulas, tem vários perfis em redes sociais e se apresenta como “servo do Deus altíssimo”

Carla Vilhena e o pastor bolsonarista Edivilson Santos (Montagem)

A jornalista Carla Vilhena expôs em sua conta do Twitter, nesta segunda-feira (6), agressão que sofreu do pastor bolsonarista Edivilson Santos. Carla pede desculpas por compartilhar “algo tão nojento”, segundo ela, mas que até o momento sua denúncia não havia sido atendida pela rede social.

O agressor escreveu como resposta a ela: “Mete o dedo no cu e cheira sua inescrupulosa. Quer Ibope? Procura um motel e fica na porta sua jornazista do #VirusChines”.

Carla escreveu ainda: “Não dá pra conviver com esse tipo de perfil. Meu estômago está revirado”.

Carla Vilhena

@carlavilhenaa

Peço desculpas por colocar na timeline de vocês algo tão nojento. Mas, como o @Twitter @MomentsBrasil @verified @TwitterBrasil não me atendem nas denúncias, preciso da ajuda de vocês denunciando comigo. Não dá pra conviver com esse tipo de perfil. Meu estômago está revirado. https://twitter.com/edivilsonsantos/status/1247177180746047489 

151 pessoas estão falando sobre isso

Edivilson Santos tem vários perfis em redes sociais e se apresenta como “servo do Deus altíssimo”. Muitas de suas postagens defendem o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). Em uma das últimas, ele divulgou o jejum nacional convocado por Bolsonaro.

“Peço desculpas por colocar na timeline de vocês algo tão nojento. Mas, como o @Twitter @MomentsBrasil @verified @TwitterBrasil não me atendem nas denúncias, preciso da ajuda de vocês denunciando comigo. Não dá pra conviver com esse tipo de perfil. Meu estômago está revirado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *