Flordelis aparece usando pulseira de marido assassinado que ela disse ter sumido

Assessoria da deputada informou que o acessório foi encontrado durante “rearrumação interna da casa”, após a morte do pastor Anderson do Carmo

Redação
Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

 

A deputada federal (PSD) e pastora Flordelis apareceu usando uma pulseira de ouro que pertencia ao seu marido, o pastor Anderson de Souza do Carmo, em culto realizado no último dia 4, na sede do Ministério Flordelis, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

No entanto, Flordelis havia dito, durante coletiva de imprensa no dia 25 de junho – nove dias após a morte de Anderson -, que o acessório desapareceu em sua casa. As informações são do jornal EXTRA.

Na ocasião, ela também foi questionada sobre o desaparecimento do celular do marido, assassinado na residência da família, em Pendotiba, Niterói. O aparelho até hoje não apareceu.

Procurada pelo EXTRA, a assessoria de imprensa de Flordelis informou ao veículo que a pulseira foi encontrada em uma arrumação feita na casa após o crime. O celular do pastor, no entanto, não foi localizado.

“Na rearrumação interna da casa, depois da enorme desordem em que ela ficou, a pulseira foi encontrada e, desde então, como memória e homenagem ao marido, a deputada passou a usá-la com a aliança que foi do marido. Não a tirou mais do braço”, disse a assessoria.

Dois filhos de Flordelis, um biológico e outro adotado, estão presos temporariamente sob suspeita de terem participado da morte do pastor Anderson. O caso ainda está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *