Fortuna de ACM Neto alcança R$ 41 milhões; confira os bens dos candidatos a governador

Por Leonardo Almeida
Fortuna de ACM Neto alcança R$ 41 milhões; confira os bens dos candidatos a governador

Foto: Montagem/Divulgação/Facebook

Entre os quatro candidatos a governador da Bahia, ACM Neto (União) possui o maior valor em bens declarados, tendo uma fortuna de R$ 41,71 milhões, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2016, ano das últimas eleições disputadas pelo candidato, seu patrimônio era de R$ 27,88 milhões, ou seja, o valor dos bens declarados por Neto avançou 49,6% em 6 anos.

O crescimento da fortuna do ex-prefeito de Salvador foi acima da inflação do período analisado. Caso o patrimônio do candidato tivesse acompanhado o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o valor seria de R$ 36,9 milhões, quantia 8,5% menor que o declarado neste ano.

Entre os bens de ACM Neto, destacam-se: um apartamento no valor de R$ 7,88 milhões, participações societárias de R$ 9,34 milhões e um investimento em renda fixa de R$ 6,53 milhões. Além disso, o candidato possui mais de R$ 13 milhões declarados na categoria de “outros bens e direitos”.

Em 2006, na primeira declaração de patrimônio registrada por ACM Neto no TSE, seu patrimônio era de R$ 820 mil, sendo que o valor total declarado foi em “outros bens e direitos”. Em 2012, quando venceu as eleições para a prefeitura de Salvador, o candidato do União Brasil declarou R$ 13,3 milhões, estando R$ 9,38 milhões ligados à quotas de capital (participações societárias) e R$ 900 mil em um apartamento.

JOÃO ROMA

Atrás de ACM Neto na questão patrimonial, o candidato do PL,o deputado federal João Roma, declarou R$ 5,56 milhões em bens neste ano. Em 2018, a primeira e única eleição disputada por ele, sua fortuna era de R$ 4,49 milhões. Assim, o patrimônio de Roma avançou 23,73% nos últimos 4 anos.

O crescimento da fortuna do candidato foi um pouco abaixo da inflação do período. Caso o valor dos bens de Roma tivesse acompanhado o IPCA, o patrimônio do deputado seria de R$ 5,73 milhões, 3% acima da quantia declarada neste ano.

Dentre a fortuna de João Roma, ele possui um único apartamento no valor de R$ 2,52 milhões e R$ 2,74 milhões declarados em “outros bens e direitos” – em 2018 essa quantia era de R$ 480 mil. A título de curiosidade, o candidato possui um automóvel no valor de R$ 153 mil.

Em 2018, Roma declarou a posse de três apartamentos, os quais totalizavam R$ 2,72 milhões. O candidato ao governo do estado também tinha mais de R$ 1 milhões em quotas de capital, atualmente esse valor caiu para R$ 109 mil. Além disso, o deputado informou que possuía mais de R$ 150 mil em jóias, quadros e objetos de coleção.

JERÔNIMO RODRIGUES

Deixando a categoria dos milionários, Jerônimo Rodrigues (PT) é o terceiro colocado entre os quatro candidatos ao governo da Bahia na questão de maior valor patrimonial. O petista declarou que possui mais de R$ 515 mil em bens. No caso de Jerônimo, não foi possível realizar comparações com anos anteriores, pois é a primeira vez que ele se tornou candidato nas eleições.

Os bens declarados de Jerônimo são: um apartamento de R$ 325 mil, uma casa no valor de R$ 100 mil, um veículo que vale R$ 72 mil e R$ 24 mil em investimentos, incluindo caderneta de poupança, ações e outras aplicações.

KLEBER ROSA

Em último colocado, o candidato do PSOL, Kleber Rosa, declarou ter R$ 309 mil em bens. Em 2018, quando foi candidato a segundo suplemente de Fábio Nogueira, seu patrimônio era de R$ 288 mil. A fortuna de Rosa avançou apenas 7,30% nos últimos 4 anos, sendo a menor variação entre os candidatos que possuem histórico disponível.

O crescimento patrimonial de Kleber não acompanhou a inflação do período, ficando abaixo da alta do indicador. Caso o valor dos bens do candidato do PSOL tivessem acompanhado o IPCA, Rosa teria uma fortuna superior a R$ 367 mil, um valor que supera o declarado neste ano em 18%.

Kleber Rosa declarou apenas dos bens em seu patrimônio, sendo um apartamento de R$ 270 mil e um veículo de R$ 39 mil. Em 2018, ele informou um imóvel no mesmo valor do atual e um automóvel de R$ 18 mil.

Os dados de Giovani Damico (PCB) não foram disponibilizados até o momento.

(BN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.