Minc: Bolsonaro quer policial que mata sem punição e professor que ensina investigado

O ex-ministro conclui: “Liberdade para matar, demissão para livre pensar”

Carlos Minc (Foto: Divulgação)

O deputado estadual e ex-ministro do meio ambiente, Carlos Minc (PSB-RJ) disse pelo Twitter, na manhã deste domingo (8), que o presidente Jair Bolsonaro “quer que policial que mata em serviço seja livre de qualquer investigação”.

Por outro lado, Minc disse também que o presidente, que defende o projeto Escola Sem Partido, quer “que professor que ensina a pensar livremente seja denunciado e punido”.

O ex-ministro conclui: “Liberdade para matar, demissão para livre pensar”

Carlos Minc@minc_rj

BolsoNero quer que policial que mata em serviço seja livre de qualquer investigação. E que professor que ensina a pensar livremente seja denunciado e punido. Liberdade para matar, demissão para livre pensar.

437 pessoas estão falando sobre isso

“BolsoNero quer que policial que mata em serviço seja livre de qualquer investigação. E que professor que ensina a pensar livremente seja denunciado e punido. Liberdade para matar, demissão para livre pensar.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *